Abril de 2021

Indicações

(clique nas imagens para ter acesso aos textos)

A moeda como um instrumento da supremacia americana: o caso do Quantitative Easing (2016).

Em Monções: Revista de Relações Internacionais da UFGD, v. 05, p. 191-211, 2016.

Por Aline Regina Alves Martins.

Analyzing Jair Bolsonaro’s COVID-19 War Metaphors (2020).

Em E-International Relations, v. 01, p. 9-5, 2020.

Por Matheus Hoffmann Pfrimer e Ricardo Barbosa Jr.

As recomendações e as soluções amistosas da Comissão Internamericana de Direitos Humanos: politica, preferências e cumprimento (2020).

Em Revista do Serviço Público (Brasília), v. 71, p. 582-603, 2020.

Por Adriano Souza Costa e João Roriz.

Ser historiador das relações internacionais. Diálogos com as escolas francesa e italiana (2020).

Em Intelligere – Revista de História Intelectual, v. 10, p. 127-139, 2020.

Por Carlo Patti e Alexandre Moreli.

Conflito entre teorias de Relações Internacionais sobre a paz: implicações normativas (2012).

Em Relações Internacionais Lisboa, v. 36, p. 119-133, 2012.

Por Diego Trindade D’ávilla.

Diego

Curadoria pelo Prof. Dr. Diego Trindade D’ávilla

Professor de Relações Internacionais desde 2010;

Coordenador do Núcleo de Estudos Globais (NEG) da Universidade Federal de Goiás;

Foi visiting fellow da Universidade de Cambridge (Reino Unido);

Coordenou cursos e orientou empresas juniores.

%d bloggers like this: